Massagem do Bebé

A Massagem Infantil passa por um conjunto de técnicas manuais realizadas pelos pais e cujos benefícios estão demonstrados em inúmeros estudos científicos.
Os seus principais benefícios são: Estimular; Aliviar; Interagir; Relaxar.
(ver abaixo).

É tempo de qualidade para a família onde o amor, tolerância, empatia, imitação e o respeito são trabalhados, promovendo a vinculação e o conhecimento mútuo.

Estimular

A massagem permite a estimulação dos sistemas: circulatório, digestivo, hormonal, imunitário, linfático, nervoso, respiratório, vestibular (relativo á coordenação e balanço).

Ajuda também no desenvolvimento da linguagem, na melhoria das capacidades de aprendizagem, no desenvolvimento muscular e tónico, no crescimento, e ajuda nas ligações entre neurónios (a massagem promove e acelera o crescimento do revestimento de mielina) e consciência mental/corporal.

Aliviar

A massagem pode ajudar a aliviar gases, cólicas e obstipação, ajuda com dores gastrointestinais, de crescimento e tensão muscular.

Alivia também casos de desconforto dos dentes, de muco em excesso, de desorganização do sistema nervoso, sensibilidade ao toque, e tensão física e psicológica.

Interagir

A interação inclui: promoção do “bonding”, de uma vinculação segura, desenvolve a comunicação verbal e não verbal. Ajuda a melhorar as competências comunicacionais pré-linguísticas e ainda estimula o uso dos cinco sentidos.

Relaxar

No que toca ao relaxamento, a massagem infantil promove o aumento da flexibilidade, dos mecanismos ambientais de coping, e uma melhor regulação do comportamento.

Ajuda a que os bebés estejam calmos e melhorem a sua capacidade de se acalmarem (autorregulação), os níveis e hormonas do stress diminuem (como o cortisol e a noradrenalina) e aumentam os níveis de relaxamento e de hormonas anti-stress (como a ocitocina e serotonina), aumenta também o nível de dopamina. Diminui a hipersensibilidade e a hiperatividade.