Skip to main content
Aleitamento MaternoPediatria

Parto: Pele-a-Pele e Aleitamento

Logo após o parto a colocação do bebé em contacto pele-a-pele com a sua mãe permite uma melhor adaptação à vida extrauterina, com estabilização do ritmo respiratório, ritmo cardíaco, da temperatura e da glicémia.

Após o parto, o recém-nascido encontra-se habitualmente num estado de alerta calmo e, se colocado pele-a-pele sobre o abdómen da mãe consegue deslocar-se até à mama. O bebé olha com interesse para o rosto materno, reconhece a sua voz e o seu bater de coração. A mãe pode sentir de imediato ou posteriormente, uma sensação de encantamento com o seu bebé e procura responder ao seu contacto visual, um reconhecimento do filho que estava dentro de si.

Durante a primeira hora de vida, num contexto protetor desta comunicação entre a mãe e o seu bebé, a maioria dos recém-nascidos consegue mamar espontaneamente colocando a boca sobre a aréola e o mamilo.

O pós-parto imediato é um período sensível o contacto íntimo e precoce favorece o início do aleitamento e o desenvolvimento do vínculo afetivo.
O envolvimento do pai com momentos de contacto próximo com o bebé também favorece o estabelecimento de vínculo entre ambos.